Ana Horta




Triângulos
ast
1984 - 150 x 100


Currículo Resumido


Ana Maria Horta de Almeida (1957 - 1987)

Nascida em Minas Gerais em 1957, Ana Horta de Almeida ficou pouco tempo entre nós, tendo falecido prematuramente em um acidente automobilístico aos 30 anos de idade, casada nesta época com o fotografo José Israel Abrantes.


Pintora, gravadora, desenhista e ilustradora gráfica, além de cenógrafa, iniciou seus estudos com Frederico Bracher Jr. aos 15 anos de idade, passando posteriormente por varios mestres, como Nilsa Borgeth, João Quaglia e Luiz Paulo Baravelli. Em 1980, participou das mostras "Como vai você, Geração 80 e Velha Mania" ambas no Parque Laje no Rio de Janeiro, bem como da Bienal Latino-americana de Arte de 1986 em Buenos-Aires.

Fez várias exposições de arte individuais, Museu de Arte da Pampulha, Galeria Sérgio Milliet, Palácio das Artes de B.H., Galeria São Paulo e na G.B. arte do Rio de Janeiro. Foi professora de arte participando dos projetos Jequitinhonha e Tiradentes, bem como designer gráfica e cenógrafa, tendo feito ilustrações para várias capas de livros da coleção Circo das Letras da Editora Brasiliense e outros. Foi também autora do cenário para o filme "Eu te amo" de Arnaldo Jabour.

Artista quase completa deixou obra pequena, apesar de ter trabalhado intensamente, suas abstrações pintadas em acirlica sobre tela mostram ao mesmo tempo força e um excelente equílibrio de cores.


Nasceu em Bom Despacho/MG no ano de 1957 e faleceu em Belo Horizonte/MG em 1987. Graduou-se em Belas Artes pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais, onde fez especialização em Gravura em Metal. 

Exposições Coletivas e Salões de Arte: Artistas Bancários, Belo Horizonte/MG (1975); Artistas Mineiros, Belo Horiozonte/MG (1975); V Salão de Arte Jovem de Santos, São Paulo/SP (1977) Brincando com a Linha, audiovisual em parceria com Isaura Penna, Encontro Corpo de Artes Visuais, Sala Corpo de Exposições, Belo Horizonte/MG (1978); Retrospectiva Audiovisual Mineiro, Teatro La Taberna, Belo Horizonte/MG (1979); Exposição Anual dos Alunos da Escola de Belas Artes da UFMG, Campus UFMG, Belo Horizonte/MG (1979); Ana Horta e José Israel Abrantes, Sala Corpo de Exposições, Belo Horizonte (1980);V Salão de Artes Plásticas, Conselho Estadual de Cultura, Palácio das Artes, Belo Horizonte/MG (1981); Coletiva de Arte Ecológica, III Simpósio Nacional de Ecologia, Palácio das Artes, Belo Horiozonte/MG (1981); Exposição Itinerante, Cenex, Escola de Belas Artes da UFMG, Belo Horizonte/MG (1981) Mostra de Gravura Contemporânea Brasileira, Escritório de Arte Anno Arte, Belo Horizonte/MG (1981); Exposição dos Participantes do Projeto Jequitinhonha, Palácio das Artes, Belo Horizonte/MG (1981); VIII Salão Nacional e Artes Plásticas do Ceará, Casa da Cultura Raimundo Cela, Fortaleza/CE (1982); 1º Festival da Mulher nas Artes, São Paulo/SP (1982); V Mostra Anual de Gravuras, Curitiba/PR (1982); 6º Salão Nacional de Artes Plásticas, Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro/RJ (1983); V Salão do Conselho Estadual de Cultura, Belo Horizonte/MG (1983); Brasil-Japão, Fundação Mokiti Okada, São Paulo/SP e Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro/RJ (1983); Mostra Brasil Pintura, Palácio das Artes, Belo Horizonte/MG (1983); Evento Arte na Rua, Central de Outdoors e Museu de Arte Contemporânea, São Paulo/SP (1983); VII Salão Nacional de Artes Plásticas, Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro/RJ (1984); Como Vai Você, Geração 80?, Parque Lage, Rio de Janeiro/RJ (1984); 10 Artistas, Solar Gradjean de Montieny, Rio de Janeiro/RJ (1984); Exposição Inaugural, Espaço de Arte Cemig, Belo Horizonte/MG (1984); Novos Gravadores Mineiros, Oficina Guaianases, Olinda/PE (1984); Ana Horta, Áquila, Granato e Kupermam, Galeria da Universidade Federal Fluminense, Niterói/RJ (1984); 1º Arte Brasileira Atual, Galeria da Universidade Federal Fluminense, Niterói/RJ (1984); Exposição Inaugural, Galeria Subdistrito Comercial de Arte, São Paulo/SP (1985); Velha Mania, Parque Lage, Rio de Janeiro/RJ (1985); Brasilidade e Independência, Brasília/DF e São Paulo/SP (1985); Acervo 1985, Galeria de Arte São Paulo, São Paulo/SP (1985); Diálogos: Novas Linguagens da Arte, Espaço de Arte Cemig, Belo Horizonte/MG (1985); A Criança de Sempre, Espaço de Arte Cemig, Belo Horizonte/MG (1985); Bienal Latino-Americana de Arte sobre Papel, Buenos Aires/Argentina (1986); Salão Brasileiro de Arte, Fundação Mokiti Okada, São Paulo/SP (1986); 7ª Mostra do Desenho Brasileiro, Curitiba/PR (1986); Galeria de Arte Brasileira do Século XX, Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro/RJ (1986); 15 Anos de Exposição de Belas Artes Brasil/Japão, Fundação Mokiti Okada, São Paulo/SP (1987); Acervo, Galeria de Arte São Paulo, São Paulo/SP (1987); Entre Dois Séculos, Coleção Gilberto Chateaubriand, Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro/RJ (1987).



Itaú Cultural

Firenze Galeria de Arte
Rua Gonçalves Dias, 1866 - Lourdes | BH - MG - CEP: 30140-092 | Tel.: (31) 3291-2343 - galeriafirenze@galeriafirenze.com.br